carregando...

Notícias

DEU NA REUTERS – OS DOIS PAPAS

07.10.2019

Após a exibição do longa “Os Dois Papas”, no dia 07 de outubro, no BFI London Film Festival 2019, o site da Reuters publicou trechos de entrevista com o diretor Fernando Meirelles e o ator Jonathan Pryce, que interpreta o Papa Francisco no longa. Texto abaixo.

“CINEASTA DE ‘DOIS PAPAS’ ESPERA QUE O PAPA FRANCISCO SE DIVIRTA.

O diretor Fernando Meirelles é fã do papa Francisco mas diz que seu novo filme, que tenta entrar na cabeça do pontífice argentino, também mostra algumas de suas fraquezas.

‘Os dois papas’ é baseado na história da dramática aposentadoria do papa Bento 16 em relação ao papado e à ascensão do papa Francisco e imagina algumas das conversas que os dois homens poderiam ter tido.

‘Fiz o filme porque sou um grande fã do papa Francisco. Acho que ele é uma voz muito importante no mundo hoje’, disse Meirelles no festival de cinema de Londres na segunda-feira.

‘Ele vê o planeta como um todo e tenta construir pontes enquanto todos querem construir muros. Então decidi fazer o filme para conhecê-lo melhor e até apoiar o que ele diz’, acrescentou.

‘É muito honesto. Mostramos os erros que ele cometeu há cerca de 30 anos na Argentina. Mas no final, ele fica como alguém a quem devemos apoiar’, afirmou o cineasta brasileiro.

O filme, estrelado por Anthony Hopkins como o tradicional Papa Bento XVI e Jonathan Pryce como seu sucessor mais liberal, é ambientado principalmente em uma réplica no set de filmagem da Capela Sistina, decorada com ornamentos do Vaticano.

‘Era um personagem tão bom de interpretar, mostrando suas falhas e fraquezas, bem como suas forças muito positivas e o que ele pode fazer como um líder que precisamos desesperadamente na vida política nos dias de hoje; alguém que possa nos mostrar o caminho, mostrar-nos como viver e voltar aos antigos valores cristãos’, disse Pryce.

O filme da Netflix é lançado nas salas de cinema dos EUA no final de novembro e no serviço de streaming em dezembro. Não se sabe se será exibido no Vaticano.

‘Se ele (Francisco) ver, espero que ele se divirta. Espero que ele não fique com raiva. E espero que ele entenda que o que tentamos retratar é a essência do homem e o que ele está tentando fazer’, disse Pryce.”